poeiraCast 270 – Sad Wings of Destiny (Judas Priest)
por Bento Araujo     09 mar 2016

O segundo álbum do Judas Priest pode ser considerado um dos álbuns mais importantes para a história do heavy metal. E está completando 40 anos! Por isso tudo, ele é nosso assunto neste episódio.

Torne-se um apoiador do poeiraCast e ajude a manter o podcast semanal da poeira Zine no ar. Saiba mais clicando AQUI.

Agradecimentos especiais aos apoiadores: Adriano Gatti, Caio Bezarias, Carlos Albornoz, Carlos Yoti, Claudio Rosenberg, Diogo Dias, Ernesto Sebin, Fernando Costa, Flavio Bahiana, Gabriel Garcia, Haig Berberian, Hugo Almeida, Marcio Abbes, Marcos Oliveira, Neigmar (Lado A Discos), Pablo Nubile, Pedro Furtado, Raphael Menegotto, Rodrigo Werneck e Rubens Queiroz.

Baixe esta edição do poeiraCast
  1. MARIO JOSE PEREIRA

    PESQUEIRO: os caes ladram ao fundo igual ao efeito wizard(sic) ARTE GRAFICA COPIADA POR MUITOS COM LOGO MARCA(2LPS)GOTICAS obs:equipamentos ver apresentaçao web OLD GREY WHISHE TEST Dreamer Deceiver guitars gibson pedais so de efeitos baixo aquele classico batera basica o play saiu pela JANUS(CAMEL) PRENSAGEM SURPREENDENTE PESADA TUDO NO LUGAR SIN AFTER SIN PROFETIZADO obs: sem PRELUDE OTIMAS PESQUISAS FINCOU BEM ESSE HEAVY HARD UFO TINHA UM ARGENTINO! TECLADOS FALTA A GUITAR BASE JUDAS E MAIS COMPLETO NO QUESITO

    Responder
  2. Caio Alexandre Bezarias

    O ‘Cruza na Área’ foi por demais hilário!!! A desesperada tentativa do Cadinho de diminuir o estádio do Verdão e levantar o estádio caído e podre do clube para o qual ele torce foi demais!! E parabéns, Damiano, pela montanha de cal que você jogou na questão: ‘ então a equipe do David Gilmour está errada…’
    Aliás, Cadinho, esse comentário não é crítica, é apenas a manifestação em palavras do divertimento e gargalhadas mil que tive ao ouvir o trecho/ sessão!
    Abraço a todos, dá-lhe Verdão!!!!

    Responder
    1. Ricardo Alpendre

      Caião, que surpresa ver seu comentário sobre esse assunto! Hahaha! Mas será que foi isso mesmo? Fiquei na verdade pasmo pelo fato de o José não resistir à tentação boba de usar o nosso bat-canal pra atacar mais uma vez o São Paulo (sempre o São Paulo). Tudo o que falei procede: nessa tola demonização do Morumbi fala-se muita bobagem; é muita desinformação. O estádio é, sim, antigo, e foi construído ao longo de 18 anos a partir de 1952. E a dificuldade de acesso é uma vontade do poder público desde aquele ano de 1952, quando impediu o clube de construí-lo em outras áreas. Quanto ao estádio do Palmeiras, não há vontade de diminuí-lo: é fato que quem fica na arquibancada superior sofre com a acústica ruim, mas isso de acústica poderia ser solucionado nos dois estádios com colocação eficiente de alto-falantes, porque tecnologia existe. E se fosse essa maravilha, também, o clube não teria nada a ver com isso, visto que o clube não apitou nada do projeto à construção: a WTorre cuidou de absolutamente tudo.
      No mais, um grande abraço, e obrigado por estar com a gente! Um dia a gente se encontra no centro pra falar de assuntos mais interessantes como Hawkwind e tomar um café na Nova Barão.

      Responder
  3. Pedro Aujor Furtado Júnioe

    Pessoal, num programa Jesus noutro Judas! A mesa já tem um Bento e um José. Tá quase um programa da Rede Vida. Rsrsrsrsrs. Se o Bento e o José se converterem eu arremato as coleções de ambos 🙂
    Otimo programa!
    abçs.
    Pedro Furtado.

    Responder
    1. Ricardo Alpendre

      Haha! Bizonho!
      Aqui está o post do Facebook do David Gilmour, que foi inclusive replicado pela imprensa brasileira:
      https://www.facebook.com/davidgilmour/posts/10154390833488574
      Nele, a equipe elogia a performance do próprio Gilmour e banda, além da interação do público (o mesmo que foi criticado por muitos espectadores por assistirem o show pelo celular, conversar durante o show e mostrar ostensivamente desconhecimento da obra). Nada mais.

      Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *