poeiraCast 332 – Rock Progressivo Brasileiro
por Bento Araujo     28 jun 2017

Uma conversa sobre a riqueza musical do prog feito no Brasil, especialmente na década de 1970.

Torne-se um apoiador do poeiraCast e ajude a manter o podcast semanal da poeira Zine no ar. Saiba mais clicando AQUI.

Agradecimentos especiais aos apoiadores: Alexandre Guerreiro, Artur Mei, Caio Bezarias, Carlos Albornoz, Claudio Rosenberg, Dario Fukichima, Ernesto Sebin, Evandro Schott, Flavio Bahiana, Luigi Medori, Luis Araujo, Luis Kalil, Luiz Paulo, Marcio Abbes, Pedro Furtado, Rodrigo Lucas, Ronaldo Nodari, Rubens Queiroz, Scheherazade, Sebastião Junior, Sempre Música, Tropicália Discos, Válvula Lúdica e Wilson Rodrigues.

edifier

Baixe esta edição do poeiraCast
  1. João Cândido

    Grande programa. Citaram todos os nomes mais importantes do prog brasileiro. Acho que como a MPB estava em alta (tropicalistas, Chico, etc), o prog brasileiro acabou tendo pouca repercussão. Abraço

    Responder
  2. william peçanha

    …Sim!!!!!
    MINAS É O BERÇO DO PROG NACIONAL!!!!!!
    Sem discussão.
    Demoraram para citar o Sagrado Coração da Terra e seu líder Marcos Vianna.
    Outro que vcs demoraram pra citar foi o também mineiro (infelizmente não mais entre nós) Marco Antônio Araújo, dono de quatro discos essenciais (e com títulos muito bons também)!
    Tem também o Cartoon de Belo Horizonte, é uma banda exclusivamente da era do cd mas faz prog como muita gente boa.
    Também não citaram (não dá pra lembrar de todo mundo, certo?) do cearense Trem do Futuro (talvez meio neo, mas muito bom).
    Muito bom o programa, prog (nacional ou não) é minha droga: totalmente na veia!!!!!

    Cruza na área??? – LEMMY!!!!!!!!!!!!!!! (sou de 1961!!!!!)… Bon Scott correndo por fora e menção honrosa ao Joe Cocker!!!!!

    Boa pizza a todos e uma fatia para cada um!!!

    Responder
  3. Caio Alexandre Bezarias

    Ótimo programa, passaram a régua em praticamente todos os grupos dos anos 70 e começo dos 80 do prog brasileiro. Concordo com o William: poderiam ter citado Trem do Futuro, mas natural alguns nomes passarem batido.
    Ri muito com a zoeira que foi o Cruza na Área.Ricardo, minha lista dos três nomes que encarnam o espírito do rock´n´roll bate com a sua. Depois dos anos 50, ninguém pode se comparar a Lemmy, quanto a encarnar o ideário e imagens do modo de vida do rock.
    Grande abraço a todos.

    Responder
  4. Cláudio Fernandes

    Senhores,
    Progressivo atual, existem duas bandas de Brasília publicada pelo Editio Princeps chamadas Parafernália e Protofonia. Ouçam!!

    Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *