poeiraCast 236 – Os 40 anos de Snow Goose (Camel)
por Bento Araujo     03 jun 2015

Clássico do rock progressivo inglês, o álbum instrumental de 1975 do Camel é nosso assunto neste episódio.

Baixe esta edição do poeiraCast
  1. Raimundo Soares

    Lamentável o fim da PZ. Minha coleção da revista está em um lugar de destaque em minha casa. Estou sempre consultando-as. Continuarei seguindo vocês em qualquer projeto relacionado a musica.

    Responder
  2. João

    Pô Bento, a PZ deixar de ser periódica mostra como a coisa anda feia mesmo… de todo modo, continuarei acompanhando e torcendo para que isso não seja definitivo.

    Responder
  3. monica

    Estou triste com o fim do Poeira Zine ( não posso negar que levei um susto pensei que o Poeiracast ia acabar, nossa que alivio!) desejo sucesso no novo caminho, publicações de rock estão cada vez mais difíceis e caras , vou sempre acompanhar vocês no site e aguardando as novidades.
    beijos
    Mônica

    Responder
  4. Caio Alexandre Bezarias

    Faço minhas as palavras dos comentários acima, acrescentando que torço muito para que essa interrupção da Pz bimestral seja tão somente uma fase. Fiquei desconcertado, li e reli o editorial do número 60 várias vezes e fiquei especulando os motivos, e creio que o João, acima, acertou: publicações impressas passam por um momento complicado pacas e suponho que você teve de buscar novos formatos, modos, estruturas físicas e conceitos para continuar a escrever e publicar sobre os bons sons do melhor dos tempos. Nós leitores continuaremos acompanhando, lendo, divulgando sempre, seja qual for o formato. Nem vou perguntar os motivos exatos ou porque a parada será exatamente no 65… Boa sorte, que a nova fase seja tão boa ou melhor como a periódica, estaremos acompanhando avidamente. Grande abraço a você e à equipe do PzCast.

    Responder
    1. Bento Araujo Autor do post

      Obrigado pelas palavras Caio e todos vocês por aqui. Como eu disse no editorial da edição mais recente, de forma alguma o fim da edição bimestral significa que a poeira Zine está com os seus dias contados. Vamos investir numa nova fase, preparando edições especiais pontuais (sem periodicidade específica), livros etc. A parada será no #65 para que todos os assinantes atuais possam receber as edições que faltam. Obrigado por poder contar com todos vocês também nessa nova fase que virá pela frente. Abraços! Bento

      Responder
  5. Pedro

    Deixo meu pitaco embora saiba que nem será lido, muito menos levado em consideraçāo. A decisão de encerrar pode ser de mercado/grana/necessidade, mas é lamentável porque perdemos a ultima revista decente de musica boa no Brasil. Tenho a sorte de ir pra fora e trazer Prog, Uncut, Mojo, Classic Rock, e outras que compro lá, mas mesmo estas não têm a “riqueza concisa” da poeirazine, facilmente dentre as melhores do mundo! Nao faça isso Bento. Viabilize quadrimestral mas não faça isso com tudo o que você construiu, que nós afinal leitores/assinantes construímos. Caso você leia (improvável) pense que quadrimestral são três edições por ano, possível, viável, e olha, eu aumento o valor da minha assinatura e muitos farão o mesmo, mas não faça isso. Abraço.

    Responder
    1. raimundo soares

      Conforme-se amigo. Esta crise econômica não está poupando ninguem, principalmente quem trabalha com música (imagina então com um gênero de nicho que é o rock clássico). Estamos voltando aos tempos dos anos 70, quando tínhamos que empreender uma verdadeira caçada a bons textos sobre rock. Só nos resta apoiar o Professor Bento em novos projetos. Sorte sua poder ter aceso a essas excelentes revistas inglesas.

      Responder
    2. Bento Araujo Autor do post

      Obrigado Pedro, entendo perfeitamente esse sentimento de frustração. Mas como disse o Caio, neste momento é necessário buscar novos formatos, modos, estruturas físicas e conceitos para continuar a escrever e publicar sobre a música que a gente tanto curte. Aproveito para reiterar que de forma alguma o fim da edição bimestral significa que a poeira Zine está com os seus dias contados. Vamos investir numa nova fase, preparando edições especiais pontuais (sem periodicidade específica), livros etc. Vem muita coisa legal por aí, pode apostar! Grande abraço e obrigado. Bento

      Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *