poeiraCast 337 – Capas controversas
por Bento Araujo     02 ago 2017

Neste episódio, falamos sobre capas de discos que causaram espanto, indignação, estranheza… Enfim, que por um motivo ou outro geraram controvérsias.

Torne-se um apoiador do poeiraCast e ajude a manter o podcast semanal da poeira Zine no ar. Saiba mais clicando AQUI.

Agradecimentos especiais aos apoiadores: Alexandre Guerreiro, Artur Mei, Caio Bezarias, Carlos Albornoz, Claudio Rosenberg, Dario Fukichima, Ernesto Sebin, Evandro Schott, Flavio Bahiana, Luigi Medori, Luis Araujo, Luis Kalil, Luiz Paulo, Marcio Abbes, Pedro Furtado, Ricardo Nunes, Rodrigo Lucas, Rodrigo Teixeira, Ronaldo Nodari, Rubens Queiroz, Scheherazade, Sebastião Junior, Sempre Música, Tropicália Discos, Válvula Lúdica e Wilson Rodrigues.

edifier

Baixe esta edição do poeiraCast
  1. Juliano Beltrame

    Uma capa que acho controversa é a do Dawn Of The Black Hearts do Mayhem, por motivos óbvios (Dead, o vocalista do grupo, fotografado logo após seu suicídio).

    E uma capa que me chocou quando criança foi o do Tudo Ao Mesmo Tempo Agora dos Titãs, feita com recortes de um livro sobre o estudo do corpo humano. Hoje é meio tosca, mas quando criança tinha o peso de algo do Cannibal Corpse. rs

    Responder
    1. Ricardo Alpendre

      Putz! Fui procurar na internet. Que loucura! Vi que o disco é um bootleg, mas com a foto verdadeira do cadáver tirada pelo guitarrista quando descobriu o corpo. Muito louco também o fato de o apelido dele ser Dead.

      Responder
  2. Roberto Arara

    Haw, esse PC deveria ter sido em video. Uma capa interessante é a do lp TONIGHT YOU’RE MINE do ERIC CARMEN, não é explicita, mas é muito sugestiva, ele esta com a mão na nuca de uma mulher ,forçando a se abaixar para frente, e com a outra esta abrindo a braguilha da calça, não sei porque, mas isso sempre me lembra alguma coisa…valeu caras, até semana que vem.

    Responder
  3. william peçanha

    …Menção honrosa a Blind Faith, o segundo do Tin Machine, nosso amiguinho Hendrix em “Eletric Ladyland”, o sempre escroto Marilyn Manson em “Holy Blood”, Pantera com “Far Beyond Driven”, a tarja nas nádegas da loirinha caroneira do Roger Waters, não sei se houve alguma polêmica, mas Ney Matogrosso deitado em um laguinho (ou coisa que o valha) com apenas um tapa sexo… E que me lembre, a sensacional loira em uma moto do Hurricane em “Slave To The Thrill”.
    Sinceramente, para as pessoas ditas normais, não vejo problemas em capas como a do “House Of The Holy”… Mas em dias de politicamente correto… Incomoda?
    Não que seja assustadora, mas a do Uriah Heep também incomoda (tenho alguns conhecidos que sonharam com aquele mascote da capa em noites mal dormidas).
    Vamos em frente.

    Um abraço a todos e em cada um.

    Responder
  4. Evandro Vegas

    O Lulu Santos teve a capa do ¨Toda a Forma de Amor¨ censurada pq trazia o Ken e a Barbie ¨fazendo sexo¨, outro que causou certo buxixo à época foi o ¨Rock Errou¨do Lobão que trazia ele de padre na capa junto a sua mulher de seios de fora

    Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *