poeiraCast 326 – Os maiores hinos do Rock Progressivo
por Bento Araujo     17 maio 2017

A revista inglesa Prog listou, em votação de seus leitores, os 100 maiores “hinos” do rock progressivo. Além de comentar alguns destaques da lista, demos nossos pitacos também.

Torne-se um apoiador do poeiraCast e ajude a manter o podcast semanal da poeira Zine no ar. Saiba mais clicando AQUI.

Agradecimentos especiais aos apoiadores: Adriano Gatti, Alexandre Guerreiro, Artur Mei, Caio Bezarias, Carlos Albornoz, Clark Pellegrino, Claudio Rosenberg, Ernesto Sebin, Evandro Schott, Flavio Bahiana, Haig Berberian, Lindonil Reis, Luis Araujo, Luis Kalil, Marcio Abbes, Pedro Furtado, Ronaldo Nodari, Rubens Queiroz, Scheherazade, Sempre Música, Tropicália Discos e Válvula Lúdica.

edifier

Baixe esta edição do poeiraCast
  1. Roberto Arara

    Fala caras, realmente RaY Conniff é genial, ouço desde muito criança, e não dá para comparar com nenhum desses outros que voces comentaram. E ele foi talves o melhor trombonista da epoca dele, principalmente quando ele tocava na orquestra do Tommy Dorsey. Gigante da música , preconceitos a parte, provavelmente por falta de conhecimento.

    Responder
  2. Roberto Arara

    O problema de tentar fazer uma lista de anthems de rock progressivo, é que só no top ten , teria umas 400 musicas que não poderiam ficar de fora de maneira alguma.

    Responder
  3. Luigi

    Muito bom o programa! E Porcupine Tree é melhor que Marillion, alias e não só por ser inglesa! hehe De algo prog mais recente escutem o último disco do Steven Wilson (Hand.Cannot.Erase), alias, sublime sem ser colagem de clássicos!

    Acho que o prog tem saído mais do nicho, mas com outras “roupagens”, como do post-rock. Quem escuta Camel tem tudo pra gostar de bandas como Explosions in the Sky ou God Is An Astronaut, assim como quem gosta de King Crimson tem grandes chances de gostar de Swans, Godspeed You! Black Emperor e quem gosta de Genesis pode se aventurar em Riverside ou Oceansize, por exemplo.

    Thick as a brick na cabeça, literalmente, abrindo cabeças desde 1972!

    Grande abraço!

    Responder
  4. MARIO JOSE PEREIRA

    1974//0u Então Velha Gravura do Q.R. Capability Brown (Circumstances) suites belas ou CHERUBIN (Overture) CARAVAN (POP – PROG The Dabsong Conshirtoe) IQ e Pallas também fizeram história ARGENT (Circus Highwire) B.J.H. (The Poet) JULIAN JAY SAVARIN (Gde Poeta escritor e músico Black) JODY GRIND (1969 PROG One step on)…….ANEKDOTEN Boa Sugestão(The Old Man & The Sea) NATIONAL HEALTH (Binoculars) SHYLOCK (Ile de Fievre 1978 mental -prog) BRASIL Recordando o vale das Maçãs (As Crianças da Nova Floresta)

    Responder
  5. Caio Alexandre Bezarias

    Lista de hinos do prog sem grupos alemães, italianos e sem Renaissance? Pode devolver a revista para a editora!!!
    Sobre o duelo de gigantes, meu voto: Aqualung, com sofrimento para decidir. Bento, a faixa Mother Goose (uma obra-prima de musicalidade, beleza e sensibilidade) também foi minha porta de entrada para as maravilhas do folk inglês.
    Grande abraço a todos.

    Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *