poeiraCast 267 – Rock Peruano
por Bento Araujo     17 fev 2016

Nas décadas de 1960 e 1970 o rock peruano explodiu e ganhou força com uma cena vigorosa e criativa. É sobre aquela turma, que vem sendo resgatada na era dos relançamentos, que falamos neste episódio.

Torne-se um apoiador do poeiraCast e ajude a manter o podcast semanal da poeira Zine no ar. Saiba mais clicando AQUI.

Agradecimentos especiais aos apoiadores: Adriano Gatti, Bruno Santos, Caio Bezarias, Carlos Albornoz, Claudio Rosenberg, Diogo Dias, Eduardo Orlando, Eric Freitas, Ernesto Sebin, Fabian Santos, Fernando Costa, Flavio Bahiana, Gabriel Garcia, Haig Berberian, Hugo Almeida, João Tayt, Luis Araujo, Marcio Abbes, Márcio Loureiro, Marcos Oliveira, Neigmar (Lado A Discos), Pedro Furtado, Raphael Menegotto, Rodrigo Werneck, Rubens Queiroz, Sergio Alves, Thelmo Silva e Wagner Oliveira.

Baixe esta edição do poeiraCast
    1. Ricardo Alpendre

      Pior é que eu tenho uma enorme simpatia pelo Mitch Ryder! Cara esforçado, tá na cara que ele amava o que fazia. Mas o José fala essas coisas só pra provocar, é um fanfarrão. Imagine, dizer que o cara é o verdadeiro James Brown, hahaha!

      Responder
  1. monica

    esse programa foi ótimo!!!!!!!!!!!! fugiu do óbvio , qual o nome a música e da banda que tocou durante o programa ? Sobre o Brian Wilson tô mais curiosa em saber se o Mike Love não via processá-lo mais uma vez.

    Responder
    1. Ricardo Alpendre

      A primeira é El Tema de Los Shain’s, de Los Shain’s. Depois vem Mashkalina, do Traffic Sound. E no último bloco, Devil wih a Blue Dress On / Good Golly Miss Molly, com A Maior Voz da América.

      Responder
  2. Pedro Furtado

    tô com o ricardo, lógico, mas acho que nem o bento nem o josé falaram a sério, e pra ser sincero nem o brian wilson. programa excelente. eu adoto o sérgio, o outsider legítimo do programa. abçs.

    Responder
  3. Alexandre

    “A maior cena psicdelica da America depois de San Francisco”. Depois que escutei essa frase pensei: “estes caras devem estar loucos. Depois que escutei o podcast, vi que o louco sou eu por nao ter conhecido a cena de Lima. Los Yorks, Los Shains, são geniais. Mais uma vez, obrigado Poeiracast.

    Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *