poeiraCast 315 – Discos com diversos singles
por Bento Araujo     01 mar 2017

Há álbuns na história da música (e particularmente do rock) que renderam vários singles, ocasiões em que a gravadora apostou em mais de uma ou duas músicas “de trabalho”, lançando-as também como compactos. Eles são nosso assunto neste episódio.

Torne-se um apoiador do poeiraCast e ajude a manter o podcast semanal da poeira Zine no ar. Saiba mais clicando AQUI.

Agradecimentos especiais aos apoiadores: Adriano Gatti, Caio Bezarias, Carlos Albornoz, Claudio Rosenberg, Ernesto Sebin, Evandro Schott, Flavio Bahiana, Haig Berberian, Lindonil Reis, Luigi Medori, Luis Araujo, Luiz Junior, Pedro Furtado, Ronaldo Nodari, Rubens Queiroz e William Peçanha.

edifier

Baixe esta edição do poeiraCast
  1. MARIO JOSE PEREIRA

    A Escultura feita no Greguinho no Centrão de SP c/suco há $2,50 justifica estatuetas no calçadão Móvel do Carnival SP Vídeo-Clip coisa decô funcionou bem grandes Obras muito $$$$$ já os EPs um legal foi o do The Cult longa versão e do Iron made Japan grande Lapso porque estou………Nuclear ataque para a meia -noite TERREMOTO NO CARNIVAL….APOTEÓTICO

    Responder
  2. Paulo

    Será que sou só eu que acha o Hysteria um dos discos mais chatos, irritantes e decepcionantes da história do rock? O Def Leppard vinha de 3 discos bem bacanas, lançam algo desse tipo e vivem de falar dessa obra desde aquela época!

    Responder
    1. Caio Alexandre Bezarias

      Não Paulo, também acho esse disco chato demais!! Um dos cinco discos mais superestimados de toda música pop, fácil. Aliás, sempre tive pé atrás com o Def, mas esse disco supera.

      Responder
    2. Matheus

      “Hysteria” é um disco bem legal. Bastante pop e comercial, claro, mas mesmo assim bom.

      E dos três primeiros o “One Through the Night” não é melhor que ele não.

      Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *