Arquivo da tag: PATRULHA DO ESPAÇO

Aeroblus em São Paulo

Trio vai se apresentar com guitarrista convidado no Sesc Belenzinho, no final de abril

por Ricardo Alpendre     27 mar 2015

Aerolus 2010

Um sonho será realizado para os fãs do Aeroblus. O grupo argentino/brasileiro, que foi capa da poeira Zine 58, irá se apresentar no Sesc Belenzinho no dia 25 de abril. É a primeira vez que a banda faz um show no Brasil.

No lugar do inesquecível Norberto “Pappo” Napolitano, a formação desta reunião do grupo tem os guitarristas Juan Cavalli (da Medinight Band) e Danilo Zanite (da Patrulha do Espaço). O outro argentino do trio é Alejandro Medina, um dos principais baixistas da história do rock argentino e sul-americano. E na bateria, é claro, está Rolando Castello Junior, fundador da Patrulha do Espaço e único integrante brasileiro do Aeroblus.

Castello, Medina e Pappo formaram o Aeroblus em Campo Limpo Paulista em 1976. No ano seguinte, eles se apresentaram nas casas de shows da Argentina, e lá gravaram para a Philips o único álbum do grupo, homônimo, o qual se tornou extremamente cultuado entre o público do rock pesado. Enquanto é preparado o lançamento de um CD contendo gravações de ensaios do período clássico, a nova encarnação do Aeroblus pode tocar composições inéditas daquela fase, além do material do LP de 1977.

O Aeroblus subirá ao palco na Comedoria do Sesc Belenzinho às 21h30 do sábado, 25/4.

Os valores de ingressos são padrão Sesc: de R$ 7,50 para comerciários matriculados no Sesc até R$ 25,00 para o público em geral. Portanto, é melhor correr.

Mais informações no site do Sesc.

Patrulhando além da fronteira

Patrulha do Espaço e Die Hard Records lançam o CD Capturados ao vivo em Buenos Aires 2014 / Veloz 2013

por Ricardo Alpendre     26 fev 2015

Patrulha BASO baterista Rolando Castello Junior tem uma história com a Argentina. Ele é um dos mais significativos elos entre o rock brasileiro e o de nossos vizinhos platinos, como se vê logo na capa desta edição da pZ. A Patrulha do Espaço, banda da qual ele carrega a bandeira há décadas, no entanto, visitou terras portenhas pela primeira vez no ano passado.

Conforme conta no texto da capa, ele e sua trupe formada pelo guitarrista e cantor Danilo Zenite, a cantora Marta Benévolo e o baixista Daniel Dellelo navegaram “mares nunca dantes navegados”, apesar do entrosamento ganho em tantos shows dessa formação atual – por sinal, ótima. É que algo era diferente do habitual naquela noite, no Marquee, de Buenos Aires: os assistentes de palco não eram os de sempre, o equipamento idem, e havia a responsabilidade da própria gravação.

Ouvindo o CD Capturados Ao Vivo em Buenos Aires, não se tem a impressão do nervosismo relatado por Castello no texto do encarte. Tudo funciona tão bem, tão solto e tão natural, que eles soam como se estivessem tocando no Centro Cultural São Paulo – onde a banda também gravou um álbum ao vivo há mais de dez anos, com uma formação bem diferente.

A escolha do repertório é especialmente feliz no novo álbum, apresentando, entre clássicos como “Columbia” e “Cão Vadio”, músicas do período em que a Patrulha teve Pappo, o herói do povo roqueiro argentino, na guitarra. Assim, estão presentes “Robot”, “Deus Devorador”, “Olho Animal” e ainda uma inédita do Aeroblus: “Araña”. Há participações de dois guitarristas do rock argentino: Conejo Jolivet e Claudio Rodríguez. A gravação é de boa qualidade, sobretudo para um trabalho de rock independente com harmonias vocais, muito bem mixadas.

A segunda parte deste “2 em 1” vem de um projeto idealizado em 2013, Veloz, que reúne composições novas e gravações feitas em diferentes situações. Entre elas, outra versão ao vivo de “Deus Devorador”, anterior, com Marcello Schevano e Renê Seabra, incluída em homenagem ao último, morto em 2013. Veloz serviu como um bem-vindo adendo a Capturados Ao Vivo em Buenos Aires.

O CD foi lançado pela Die Hard Records, que também fez os relançamentos dos dois primeiros álbuns da Patrulha, e a que Castello se refere carinhosamente como “nosso selo”. É encontrado na própria loja Die Hard, na Galeria do Rock, em São Paulo, e pelo site www.diehard.com.br.