Arquivo da tag: Bad Company

Relançamentos do Bad Company

Selo Rhino acaba de relançar os dois primeiros discos do Bad Company em CD e LP, com várias faixas extras e tratamento de luxo

por Ricardo Alpendre     08 abr 2015

Bad Company straight-shooterNão é a primeira vez e nem será a última em que alguém descobre os rolos originais de fita, ou um acetato único, ou qualquer pedaço de gravação de sessões clássicas atrás de uma porta, ou em uma prateleira empoeirada, num sótão que escapou de uma enchente, etc. Neste caso, foram encontrados os tapes originais das sessões dos primeiros álbuns do Bad Company. Não as masters, e sim os multitracks, com os canais destinados aos instrumentos ainda separados. Com isso, lados B e compacto, gravações inéditas, incluindo demos e takes diferentes também vieram à tona, e estão saindo neste mês de abril em edições luxuosas dos álbuns, tanto em CD duplo quanto em LP duplo, pelo selo Rhino.

O primeiro álbum, Bad Co., de 1974, tem em seu primeiro CD e LP o álbum original com som restaurado, e no segundo disco o conteúdo muda: enquanto o LP tem oito faixas (mesmo número álbum), o CD tem 12, das quais as oito inéditas estão no vinil.

Já o segundo Straight Shooter, de 1975, tem também o álbum normal acompanhado do CD 2 com 13 faixas, todas elas inéditas, das quais oito estão no vinil. Uma falha gritante neste álbum: apesar de os LPs serem prensados em vinil 180g e do ótimo tratamento costumeiro, as duas músicas realmente inéditas do CD extra não estão no vinil extra!

De qualquer forma os relançamentos não deixam de ser importantes.

Paul Rodgers apresentará ao vivo o álbum The Royal Sessions

Vocalista fará no Royal Albert Hall uma apresentação especial beneficente.

por Ricardo Alpendre     15 ago 2014

Paul RodgersEm janeiro deste ano, Paul Rodgers (Free, Bad Company, The Firm) lançou um álbum singular em sua carreira. The Royal Sessions, gravado no Royal Studios, de Memphis, teve como convidados Rev. Charles Hodges Sr., Leroy Hodges, Archie ‘Hubby’ Turner, Michael Toles, Steve Potts e o grupo vocal The Royal Singers.

No repertório, covers de soul, blues e rhythm & blues, e tudo num clima de espontaneidade, como essa música foi feita para ser tocada. No dia 3 de novembro, Rodgers e o mesmo grupo irão tocar em um show o repertório do álbum na casa mais conceituada (independente do gênero musical) da Inglaterra, o Royal Albert Hall. O show arrecadará fundos para o abrigo Willows para animais, do qual Rodgers é patrono.