poeiraCast 229 – A revalorização do rock nacional
por Bento Araujo     15 abr 2015

O assunto do programa seria outro, mas a conversa fluiu tão naturalmente para o culto do velho e bom rock nacional, que resolvemos seguir o programa nesse tema.

Estrelando: Som Nosso de Cada Dia, Mutantes, Made in Brazil, Terreno Baldio, A Bolha, Moto Perpétuo e muitos outros.

Baixe esta edição do poeiraCast
  1. monica

    muito legal o programa , chorei de tanto rir com a historia das fitas e foi ótimo esse podcast não ter roteiro foi muito mais inspirado , solto deveriam fazer mais vezes , desde que a inspiração vier , claro que ficou muita banda de fora , mas foi melhor assim para gente puxar pela memoria.
    beijos.
    mônica

    Responder
  2. Sergio

    Nao falar do ave Sangria que lançou um disco que da um pau em todos esses discos derivativos de bandas de são paulo é foda hein! modulo 1000 mandou lembrança tbm. há! os caras tbm nao são de são paulo.

    Responder
    1. Bento Araujo Autor do post

      Oi Sergio, gostamos dessas bandas também, só que não dá pra falar e lembrar de todo mundo num programa de meia hora, totalmente de improviso.
      A gente não só gosta do Ave Sangria como viajamos milhares de quilômetros para cobrir o show de volta da banda em Recife com exclusividade pra pZ.
      Falamos de bandas de todo o Brasil nas páginas da pZ, pode conferir.
      Grande abraço

      Responder
      1. Sergio

        Bento peço desculpas pelo tom rude do meu comentário, realmente esqueci de levar em conta que o programa foi de improviso, fiquei o programa todo esperando vcs falarem sobre essas bandas, ai como não rolou minha frustração me fez agir de maneira impensada. acompanho fielmente o poeira zine a anos e a considero a melhor publicação sobre musica do mundo, falo isso sem demagogia nenhuma. grande abraço!

        Responder
  3. Fábio Paiva

    Show de bola o programa, realmente o rock brasileiro dos anos 70 era bom mesmo, aproveitando o programa, Bento, por que não faz uma PZ somente com bandas brasileiras da década de setenta, incluindo biografia,discografia comentada e curiosidades, iria fica bom demais!!

    Responder
  4. Jonathan

    Olá. Parabéns ao power trio pela excelente “jam”, essa abordagem no improviso ficou demais!

    Sou mais jovem que vocês, e é realmente curioso imaginar que Os Mutantes, por exemplo, e outros grupos tão reverenciados hoje, estavam meio “esquecidos” a algumas décadas atrás.

    E por favor, não esqueçam de fazer um episódio contando outras histórias das lojas de discos.

    PS: para os que estão comentando que faltou abordar algumas bandas, como o Ricardo Alpendre sempre diz, o legal das listas é o que ficou de fora. 🙂

    Até mais
    Jonathan

    Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *