poeiraCast 447 – Os 40 anos da estreia do Iron Maiden
por Bento Araujo     01 abr 2020

O assunto neste episódio é um dos marcos na New Wave of British Heavy Metal, o primeiro álbum do Iron Maiden, uma banda que protagonizou a rápida difusão do heavy metal pelo mundo nos anos 80.

Depois de mais de dez anos de estrada e mais de 440 episódios online, o poeiraCast precisa do seu apoio para continuar no ar. Seja um assinante/apoiador do poeiraCast e faça parte desta história. Para realizar o seu apoio e saber mais sobre as recompensas, acesse catarse.me/poeiracast

Agradecimentos especiais aos apoiadores:

André Gaio, Antonio Ribeiro, Antonio Neto, Artur Mei, Bruno Pugliese, Caio Bezarias, Carlos Albornoz, Claudio Lojkasek, Claudio Rosenberg, Eduardo Alpendre, Ernesto Sebin, Fabiano Forte, Felipe de Paula, Fernando Padilha, Flavio Bahiana, Hélio Yazbek, João Martins, Lindonil Reis, Luís Araújo, Luís Porto, Marcelo Zarra, Marcos Cruz, Maria do Carmo Villela, Matheus Pires, Mauricio Pires, Nei Bahia, Pedro Furtado Jr, Rafael Campos, Raimundo Soares, Raul dos Santos, Ricardo Nunes, Rodrigo Lucas, Vandré dos Santos, Victor Bernardes, Wilson Rodrigues, Zózimo Fernandes.

Importante: o poeiraCast somente irá continuar se atingirmos a meta mínima da campanha.

Ouça o poeiraCast também pelo Spotify, Deezer, iTunes e diversos apps de podcast.

Baixe esta edição do poeiraCast
  1. GERALDO SALDANHA FILHO

    Olá. Parabéns pelo excelente programa. Realmente o primeiro álbum do IRON MAIDEN marcou a vida de muitos fãs de Heavy Metal. Conheci o Killers antes e considero superior ao primeiro, principalmente na qualidade de gravação. Uma curiosidade que eu gostaria de comentar: eu era fanático pela banda nos anos 90. Comprava tudo o que saía da banda em revistas especiais. Uma coisa que eu lembro é que em algumas revistas que eu li dizia que o primeiro baterista da banda, Doug Sampson, que gravou o álbum The Soundhouse Tapes foi chutado da banda porque ele cheirava peixe podre rs. Li sobre isso em várias revistas lançadas no Brasil sobre a banda. Agora, se é verdade ou não…

    Responder
  2. Vandré Santos

    Sobre o Soundhouse Tapes, a informação oficial é que foi gravado como um quarteto mesmo. O outro guitarrista citado nunca foi confirmado por ninguém além de um irmão desse guitarrista. Na versão de Strange World que saiu no Best Of The Beast (é a quarta faixa gravada nas sessões, mas não foi lançada na época) tem um dos solos que definitivamente não foi feito pelo Dave Murray, o estilo é bem diferente do dele, então, a história pode ser verdade.

    Responder
  3. Diogo Maia de Carvalho

    Durante um tempo o debut do Iron foi o meu preferido da banda, mas hoje está mais ali pelo sétimo, oitavo lugar do ranking do grupo.

    O duelo de gigantes tem o meu voto para o Sabbath, apesar de eu ainda gostar mais do Mob Rules.

    Um grande abraço.

    Responder
  4. Renato Vuvu

    Excelente programa. Tentarei criar o hábito de ouvir, afinal só há 446 podcasts pra trás, kkkkkkk!!! Saudades de ouvir essas histórias ao vivo na Nuvem 9. Abraços a todos!!!

    Responder

Faça um comentário GERALDO SALDANHA FILHO Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *