poeiraCast 340 – Melhores discos de 1977
por Bento Araujo     23 ago 2017

Sempre que nos concentramos nos lançamentos de um ano específico na história da música e particularmente do rock, vemos uma série de novos segmentos surgindo ou se consolidando, além de diversos “cantos do cisne” de artistas importantes. Um ano tão marcante como 1977 não seria diferente, e os discos desse período são nosso assunto de hoje.

Torne-se um apoiador do poeiraCast e ajude a manter o podcast semanal da poeira Zine no ar. Saiba mais clicando AQUI.

Agradecimentos especiais aos apoiadores: Alexandre Guerreiro, Artur Mei, Caio Bezarias, Carlos Albornoz, Claudio Rosenberg, Dario Fukichima, Ernesto Sebin, Evandro Schott, Flavio Bahiana, Luigi Medori, Luis Araujo, Luis Kalil, Luiz Paulo, Marcio Abbes, Pedro Furtado, Ricardo Nunes, Rodrigo Lucas, Rodrigo Teixeira, Ronaldo Nodari, Rubens Queiroz, Scheherazade, Sebastião Junior, Sempre Música, Tropicália Discos, Válvula Lúdica e Wilson Rodrigues.

edifier

Baixe esta edição do poeiraCast
  1. mario jose pereira

    TINHA UM PESO DIFERENTE… JUDAS PRIEST SIN AFTER SIN/SWEET OFF THE RECORD/ANGEL ON EARTH AS IT IS IN HEAVEN/HEART LITTLE QUEEN/ CAMEL RAIN DANCES/PFM JET LAG/QUEEN NEWS OF THE WORLD/KISS LOVE GUN ALIVE 2/PHOLHAS EM PORTUGUES/PLACA LUMINOSA VELHO DEMAIS/ a indústria fonográfica estava em mudanças futuras PARA a disco {José} lembrou bem deste fato GASTEI muito no museu/manon/wooppop na galeria do rock/grilo falante/woodstock ainda na jose bonifácio/justamente que o selo continental bombou com muita coisa pois representava muitos selos gringos

    Responder
  2. william peçanha

    Rapazes:
    Esqueceram (de novo!) do Triumvirat “Pompeii”, que, pegando carona na opinião do Sérgio, faz parte da lista de últimos discos geniais de alguns grupos.
    Também não lembraram do UFO “Lights Out”…
    Tudo bem, não vou xingar ninguém (não nos cabe impropérios, nós, ouvintes!!!) mas a tribuna é livre para uma reclamaçãozinha, certo?
    Entre os dois Ramones, NENHUM, pegando carona no que falou o José sobre os Sex Pistols, também não gosto e nem vejo importância a ponto de frequentar a minha pick up um monte de bandas.
    Ricardo, também nunca ouvi nada de Talking Heads mas reconheço a genialidade por trás dos discos da banda, só não me agrada a sonoridade.
    Fico com os medalhões e algumas grandes descobertas de bandas nos anos 2000 em diante (principalmente no Prog).
    Um abraço em todos e em cada um e um salve todo especial para a filhinha do Bento!!!!

    Responder
  3. Daniel Queiroz

    Mais um ótimo programa, um ano com tantos bons lançamentos não tem como citar todos , mas vai aí um”top five” dos não citados: UFO – Lights Out, Scorpions – Taken By force, Kiss – Love Gun, Uriah Heep – Firefly,AC/DC – Let there be rock

    Responder
  4. getulio vargas de nascimento s.

    Concordo plenamente com o amigo Delio…Rush – A Farewell To KIngs…colocar Caetano Veloso e 2 do Bowie em uma lista de 5 estão forçando demais !!!!!

    Responder

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *