pZ 39
por Bento Araujo     11 jul 2014

pZ nº 39

Jethro Tull, Can, Gong, Hawkwind, Le Orme, Vox Dei, VdGG e os 101 discos progressivos de 1971.

Preço: R$ 14,00

Data de Lançamento: nov/dez de 2011

Formato: A4, miolo PB offset, capa colorida couchê

Número de páginas: 44

O BIG BANG PROG
Só pode ser mesmo aquele papo de que “os planetas estavam alinhados”… Em 1971 um fenômeno abalou as principais estruturas da criação musical. 1971 foi o ano da explosão do rock progressivo, o início de um novo e criativo universo. Não é a toa que muitos dos álbuns que servem de porta de entrada para novos admiradores deste tão amado e odiado gênero, foram lançados em 1971.

JETHRO TULL
Ian Anderson não considera Aqualung um disco prog, mas a obra se tornou um dos marcos do gênero. O making-off deste clássico, a arte gráfica, a tour de promoção e a influência em músicos que vieram depois, como Steve Harris (Iron Maiden).

HAWKWIND
Os mestres do space rock marcam presença na pZ, que preparou um especial sobre o álbum In Search Of Space. Efeitos, baladas, sintetizadores e embalos químicos.

GONG

Ecletismo e energia em alta, criatividade e bom humor sideral. Este é o Gong de Camembert Electrique, para muitos o melhor disco com a assinatura de Daevid Allen.

LE ORME
Um dos grupos mais idolatrados do prog italiano recebe destaque especial nesta edição, onde abordamos a obra-prima Collage.

CAN

Os fãs dos mestres do Krautrock comemoram os 40 anos do lançamento de Tago Mago, e nós, é claro, estamos nessa também! Tudo sobre este álbum minimalista, empolgante e seminal.

E MAIS:
Artigos e matérias minuciosas sobre discos de bandas como Faust, Second Hand, Vox Dei, Spring, Ton Ton Macoute, Supersister, Atomic Rooster, Caravan, Junipher Greene e Hampton Grease Band, todos lançados em 1971!

101 DISCOS PROG DE 1971
É isso mesmo, resenhas de 101 álbuns progressivos essenciais lançados há 40 anos! Bandas do mundo todo, como Osanna (Itália), Som Imaginário (Brasil), Polyphony (EUA), Syrius (Hungria), Wigwan (Finlândia), Eela Craig (Áustria), Earth & Fire (Holanda), Gila (Alemanha), Jarka (Espanha), Komintern (França), People (Japão), Samla Mammas Manna (Suécia) e muito mais, como os medalhões Yes, ELP, Genesis, Gentle Giant, King Crimson, VdGG, etc.